Motorola lança Defy+: maior poder de fogo com mesmo visual


Aparelho resistente da Motorola recebe upgrade de hardware para continuar competitivo no mercadoA compra da Motorola pela Google foi a grande notícia do mundo da tecnologia ontem, e isso acabou ofuscando um pouco o lançamento do novo celular da empresa: Motorola Defy+. O aparelho é uma versão atualizada do resistente Motorola Defy, que continua com o mesmo design, mas ganhou mudanças internas significativas.

Defy+, forte contra riscos, água e pó e agora mais resistente (Fonte da imagem: Divulgação/Motorola)

Leia mais deste post

Quem ganha e quem perde com o acordo Google-Motorola?


Se outros fabricantes de celulares decidirem abandonar o sistema operacional Google Android, Nokia e RIM se beneficiariam.

Reuters – Research in Motion, Microsoft, Nokia e o setor de TV a cabo estão emergindo como possíveis ganhadores depois que o Google anunciou a aquisição da Motorola Mobility por 12,5 bilhões de dólares, na segunda-feira.

Se outros fabricantes de celulares decidirem abandonar o sistema operacional Google Android, Nokia e RIM se beneficiariam.

As companhias de TV paga poderiam se ter muito a ganhar caso o Google, que controlará a fabricação de decodificadores Motorola, modere suas iniciativas que perturbam o setor.

Enquanto isso, é improvável que a transação tenha impacto sobre os esforços da Apple para conquistar corações e mentes entre os usuários de celulares inteligentes, disseram analistas. Agora que o Google se tornará seu concorrente direto, a empresa poderá abandonar certos produtos do Google que utiliza em seus aparelhos. Leia mais deste post

Google compra Motorola por US$ 12,5 bilhões


Transação tem como objetivo fortalecer o mercado dos dispositivos com Android. Segundo Larry Page, medida garante mais proteção contra empresas adversárias.

A Google anunciou na manhã desta segunda-feira (15 de agosto) a compra da Motorola Mobility pelo valor de US$ 40 por cada ação, resultando em um negócio total de US$ 12,5 bilhões. O acordo foi aprovado por unanimidade entre os conselhos de administração de cada companhia, e representa um ganho de 63% em relação ao valor das ações da Motorola na última sexta-feira (12 de agosto).

A aquisição da Motorola vai permitir que a Google fortaleça ainda mais a marca Android, aumentando a competição no mercado de telefonia móvel. A Motorola Mobility será operada como um negócio separado pela companhia de Mountain View, que continuará a disponibilizar o sistema operacional para smartphones como uma plataforma aberta. Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: