Antivírus da Microsoft acusa navegador Chrome de carregar malware


Atualização liberada na madrugada desta sexta-feira (30/9) provoca falso positivo; se escolher “Remover”, usuário perderá o Chrome.

Uma atualização aparentemente liberada na madrugada desta sexta-feira (30/9) pela Microsoft para seu antivírus Security Essentials tem feito com que o sistema acuse a existência de vírus no navegador Chrome, da Google.

Segundo o Business Insider, se o usuário escolher a opção “Remover”, o computador será reiniciado e o Google Chrome não funcionará mais.

O problema de falso positivo foi reconhecido pela Microsoft nesta sexta-feira. Em nota publicada em seu portal de segurança, a empresa afirma que “em 30 de setembro de 2011, foi identificada uma detecção incorreta para o PWS:Win32/Zbot”.

“Em 30 de setembro de 2011, a Microsoft liberou uma atualização que corrige a questão. As versões com assinatura 1.113.672.0 e mais atuais incluem a atualização”, completa a nota, sem mencionar o Chrome.

Segundo a Microsoft, o PWS:Win32/Zbot é um trojan que rouba senhas e monitora a visita em certos sites da web, além de permitir o acesso ao sistema por brechas conhecidas como porta dos fundos (backdoors).

Fonte: IDG Now

Android vira a galinha dos ovos de ouro da Microsoft


Ainda tentando emplacar o Windows Phone 7, a Microsoft já encontrou a sua galinha dos ovos de ouro no mercado móvel. É o Android, o sistema operacional para celulares e tablets do Google.

Desde outubro do ano passado, a gigante do software cobra o licenciamento de tecnologias presentes no Android de fabricantes que utilizam a plataforma.

A Microsoft alega ter as patentes dessas tecnologias e espera ganhar dinheiro com os produtos Android.

Uma das empresas engordando esse porquinho é a HTC. No final de maio, Walter Pritchard, analista do Citi, estimou que, para cada celular Android da companhia vendido, a Microsoft recebe US$ 5 -resultado de um acordo feito no ano passado.

Rick Wilking/Reuters
Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft, segura um aparelho com o Windows Phone 7
Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft, segura um aparelho com o Windows Phone 7

 

Leia mais deste post

Google acusa Microsoft e Apple de ‘campanha hostil’ contra Android


Taxa de crescimento indica que se pode chegar a cerca de 1 milhão de dispositivos ativados ao dia ainda este ano. Foto: AFPExecutivo do Google diz que Apple e Microsoft estão unidas para deixar o Android menos competitivo
Foto: AFP

O Google divulgou uma nota em que acusa Microsoft, Oracle, Apple e outras empresas de travarem um “campanha hostil” contra o Android por meio de acusações falsas de violação de patentes. Em postagem no blog oficial da companhia nesta quarta feira, o vice-presidente sênior e diretor Jurídico do Google, David Drummond, afirma que essas empresas se uniram para adquirir patentes da Novell e da Nortel para se certificarem que a gigante das buscas não faça isso. “Eu trabalho no setor de tecnologia há mais de duas décadas. Microsoft e Apple têm estado sempre na garganta um do outro, então quando vão para cama juntos, você tem que começar a se perguntar o que está acontecendo”, escreveu.

Leia mais deste post

Microsoft: gigante também em números


Com mais de 30 anos de existência, a companhia de Bill Gates se estabeleceu como uma das maiores empresas no mundo da computação, atuando em diversas áreas tecnológicas.

Leia mais deste post

Sony Vs Microsoft – A nova guerra nacional dos preços baixos nos consoles


 

imagem

O que veio primeiro? A redução de preço do Xbox 360 ou a do Playstation 3? Em maio, a Sony fez uma redução temporária do preço do Playstation 3, saindo de R$1999 para R$1599. No início deste mês, a Microsoft anunciou a redução de preços do Xbox 360 de 250 GB, de R$ 1899 para R$ 1599. No dia seguinte, a Sony, vendo que perderia terreno para a concorrente, reduziu mais uma vez o preço da versão nacional do seu ex-tijolo: de R$ 1599 para R$ 1399. No Xbox a promoção terminará no final deste mês (ou enquanto durarem os estoques). No PS3 a promoção vai até o final de agosto. O consumidor que esperou (e que iria comprar oficialmente por aqui) saiu ganhando com a redução, podendo pagar mais barato pelo produto.
Leia mais deste post

Microsoft se desculpa por tentar lucrar com a morte de Amy


Amy Winehouse -  A cantora saiu de uma clínica de reabilitação na semana passada. Mas em sua rehab de drogas e álcool, em 2009, a morena teria pedido .... Foto: Getty Images

Neste final de semana, logo após o anúncio da morte da cantora britânica Amy Winehouse, aos 27, a Microsoft pediu aos seus seguidores do Twitter para comprar o álbum Back to Black pelo site do Zune, uma espécie de iTunes para os players de música da companhia. Na segunda-feira, a equipe de relações públicas da Microsoft no Reino Unido pediu desculpas pelo tweet por meio da conta @tweetbox360. As informações são do Business Insider.

Leia mais deste post

Microsoft dando 1 milhão de Microsoft Points para Pc e Xbox 360


Microsoft anunciou hoje que eles estão dando um total de 1 milhão de Microsoft Points para celebrar a união entre os jogos para Windows, Xbox.com e o Games for Windows Marketplace.

imagem
%d blogueiros gostam disto: