Saúde: conheça a síndrome da visão cansada por uso de computadores


Encarar o monitor por muito tempo pode trazer alguns problemas ao usuário. Saiba quais são e como evitá-los.

Se você costuma utilizar o computador durante muito tempo, já deve ter ouvido que “ficar muito tempo de frente para a tela faz mal para os olhos”. Caso você tenha ignorado esse aviso, é melhor pensar duas vezes: a visão pode ser prejudicada pelo uso excessivo do computador.

Caso você realmente passe tanto tempo encarando o monitor, você pode não ter apenas um, mas uma série de problemas conjuntos ocasionados pelo esforço em visualizar a tela durante horas. Há quem chame tudo isso de síndrome da visão relacionada a computadores (CVS, na sigla original em inglês), um dos males modernos que surgiram juntamente com os avanços da tecnologia.

Já outros especialistas da área simplificam o diagnóstico: seu olho fica cansado com tanto esforço – e o usuário normalmente não gasta o tempo necessário para recuperá-lo decentemente.

Conheça o problema

Nossa visão fica cansada exatamente como as pernas, por exemplo, após praticarmos uma atividade física: os olhos também não aguentam a tensão gerada pela repetição de uma atividade por muito tempo.

No caso, tal tarefa é a necessidade de focar durante todo o tempo em um pequeno espaço (o monitor), para enxergar de maneira definida todas as imagens e textos que são formados pelos pixels. Leia mais deste post

7 mitos da informática desmitificados


Algumas lendas, além de fama, levam os usuários a tomar algumas atitudes precipitadas. Descubra aqui o que vale ou não vale no dia a dia com o computador.

Ultimamente, a internet aparece como o tira-dúvidas oficial de milhões de pessoas. Por ser tão cômodo pesquisar na rede, já virou costume dos usuários exigirem que um buscador seja capaz de desvendar todas as verdades do mundo em poucos cliques.

Até aí, tudo bem. O problema é que, como não há nenhuma forma de regulamentação, a web também se torna um terreno bastante fértil para a criação e disseminação de diversos mitos — e a situação ainda piora quando falamos sobre informática.

1. Programas maiores e mais famosos = melhores

Certos softwares viram referência em seus campos de atuação e passam a ser cultuados incansavelmente por público e crítica — é o caso do Photoshop como editor de imagens e do Word como processador de texto. Realmente, a maioria dos nomes que chegam lá têm cacife e mérito para ocupar tal lugar privilegiado.

(Fonte da imagem: Loyal Kng)

Contudo, dependendo do nível e dos objetivos do usuário, ir atrás ou até pagar por um software que tem fama pode acabar sendo um tiro no escuro. Digamos que um funcionário precisa tratar fotos de eventos para enviar à galeria de um site: ele precisa necessariamente do Photoshop para realizar a tarefa? Leia mais deste post

O que você precisa saber para montar um computador no segundo semestre de 2011


Separamos algumas dicas para você escolher certo ou aguardar por novidades que vão aparecer na segunda metade do ano.

Metade do ano se passou. Nesse tempo, a informática fez grandes avanços. Uma configuração planejada no primeiro semestre já não faz muito sentido agora, tanto pelo preço quanto pelo desempenho.

Quando falamos em montar um PC, a máquina ideal não existe, afinal, o investimento e os propósitos de cada usuário é que vão definir a configuração perfeita. E considerando os atuais componentes, uma configuração de baixíssimo valor já satisfaz usuários que pretendem trabalhar com aplicativos simples.

Propósito do artigo

Hoje, vamos abordar alguns aspectos importantes dos principais componentes, assim você pode fazer a escolha certa e adquirir um computador adequado às suas necessidades. A maior parte deste artigo é destinada para usuários que pretendem montar uma configuração, pois na hora de comprar PCs de marcas conhecidas (como HP, Positivo, Space BR), não há muitas chances de escolha.

Considerando a realidade brasileira, sempre devemos lembrar que temos um orçamento limitado. Sendo assim, nossas dicas não serão focadas nos componentes mais potentes do mercado. Até porque citar os componentes mais “fortes” e relatar que eles rodam qualquer aplicativo é uma ideia um tanto quanto óbvia. Assim, separamos alguns aspectos importantes a serem observados na hora da compra. Leia mais deste post

10 maneiras de fazer o seu computador iniciar mais rápido


Ligar ou reiniciar o computador é sempre uma tortura. São apenas alguns minutos que mais parecem uma eternidade. Por mais que o seu computador esteja perfeitamente normal, sempre estamos insatisfeitos e queremos mais velocidade no arranque do sistema. Mas há como fazer isso? Abaixo, mostraremos que a resposta é sim.

Se você pesquisar na Internet sobre como melhorar o tempo de inicialização do Windows, certamente encontrará vários programas milagrosos e dicas que pouco ajudam. Neste guia, você vai ver que não existe mágica. Fazer com que seu computador inicie mais rápido requer muito trabalho, ajustes finos, e até mesmo alguns upgrades.

Configure a sua BIOS

Por padrão, a BIOS do seu computador vem configurada para funcionar da forma mais cômoda possível. Basta colocar o DVD do Windows, por exemplo, e ligar o computador para que a instalação do sistema seja iniciada. Isso significa que toda vez que você liga o computador, a BIOS busca primeiro o boot via CD – em alguns casos, até o drive de disquete é examinado. Quando nada é encontrado, o HD é automaticamente iniciado. Mas como você não instala o Windows toda vez que liga o seu computador, que tal então desabilitar esta função?

Configurando a BIOS (Foto: Reprodução/Helito Bijora)
Configurando a BIOS (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Leia mais deste post

Qual a temperatura ideal para os componentes de um computador?


Os computadores adquiriram tanta potência que as soluções de refrigeração tiveram de evoluir na mesma proporção. Processadores de antigamente exigiam dissipador e cooler de tamanho reduzido. Agora, modelos com Heatpipes e ventoinhas de grande porte são necessários.

E não é somente o processador que exige uma excelente refrigeração. Placas de vídeo, memórias, fontes, chipsets e HDs também necessitam de uma temperatura específica para atuarem de maneira apropriada. Acontece que as preocupações com temperatura estão cada vez mais constantes, visto que tudo aquece muito dentro do gabinete.

Processador: muito próximo do zero

Normalmente, os problemas de temperatura estão relacionados à CPU. Por se tratar de um componente que realiza uma infinidade de tarefas, o processador tende a esquentar com facilidade. Contudo, o dissipador e o cooler servem para refrigerá-lo. Apesar disso, nem sempre a solução de resfriamento consegue cumprir a tarefa de maneira apropriada.

Coolers que acompanham a CPU se desgastam com facilidade, o que resulta na má eficiência na hora de refrigerar a unidade de processamento. Apesar de muitas vezes o cooler não conseguir diminuir a temperatura o suficiente, o usuário acaba nem percebendo tal detalhe.

(Fonte da imagem: Divulgação/Intel) Leia mais deste post

Por que o computador às vezes reinicia sozinho?


Os erros são muitos e as soluções nem sempre são fáceis, mas identificar o problema pode ser uma tarefa mais fácil se você seguir nossas dicas com atenção.

Não importa se você utiliza o Linux, o Windows ou o Mac OS. Todos os sistemas operacionais estão sujeitos a erros. Assim também ocorre com os componentes de hardware, os quais podem apresentar defeitos ou mau funcionamento da noite para o dia.

Acontece que nem sempre um problema gera a queima do componente, assim como nem todas as falhas vão danificar o sistema. Geralmente os computadores vêm configurados para tentar reparar um dano — e evitar outros — através de uma reinicialização.

E é neste quadro que você se encaixa, afinal, é bem provável que você já tenha sido uma vítima dos “resets” aleatórios que não aparentam ter causas justificadas. Para quem já está angustiado com esses problemas de reinicializações infinitas, vamos explicar as principais causas e ajudar com algumas soluções.

As reinicializações podem acontecer a qualquer momento, todavia, analisando o momento em que o PC reinicia, é possível filtrar as possíveis causas do problema. Sendo assim, separamos nosso artigo em três diferentes situações, as quais você acompanha logo abaixo junto com as possíveis soluções.

Importante: neste artigo abordamos dicas para o Windows e hardware em geral.

Leia mais deste post

Pesquisa revela que acesso ao computador e Internet cresceu em 2010, mas ritmo diminuiu


Cômite Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), responsável pela coordenação dos serviços de Internet no país, divulgou o resultado da sexta Pesquisa TIC Domicílios, referente ao ano passado. Foram feitas entrevistas em mais de 24 mil domicílios para avaliar a infraestrutura tecnológica presente nos lares brasileiros e o perfil dos usuários de computador e Internet.

Número de domicílios com computador cresce no Brasil (Foto: Divulgação)
Número de domicílios com computador cresce no Brasil (Foto: Divulgação)

A pesquisa foi realizada pela Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), que faz parte do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). O resultado do levantamento apresenta dados referentes a todo país, com recortes específicos para área urbana e rural.

Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: