Apple libera iOS 5.0.1 beta para desenvolvedores


A Apple liberou ontem o iOS 5.0.1 beta, de build 9A402, para desenvolvedores.

Segundo as notas de liberação, a nova versão traz correção para um problema que afeta a bateria e para outro relacionado ao Documentos na Nuvem, adiciona gestos multi-touch ao iPad de primeira geração, melhora o reconhecimento de voz do idioma australiano no recurso voz-para-texto (Dictation) da Siri, além de contar vir com correções de segurança, incluindo a falha que permitia destravar iPads 2 com senha usando uma Smart Cover.

Além disso, a versão 5.0.1 oferece uma nova maneira para desenvolvedores especificarem quais arquivos devem permanecer no aparelho, mesmo em baixas condições de armazenamento, o que deve resolver o problema do “faxineiro” do iOS 5.

A atualização pesa 811MB e já está disponível no iOS Dev Center.

A Apple também disponibilizou para desenvolvedores o iTunes 10.5.1 beta 2, para dar continuidade aos testes com o iTunes Match. A nova versão traz correções de bugs e permite que os testes com o iTunes Match tenham continuidade, ainda restritos aos Estados Unidos e na condição de que as bibliotecas enviadas para os servidores da Apple sejam apagadas no final dos testes.

Fonte: iMasters

Amazon lança serviço de aluguel de livros digitais para donos de Kindle


A Amazon lançou nesta quinta-feira (3) um novo serviço para os usuários do aparelho Kindle nos Estados Unidos que poderão acessar gratuitamente livros digitais ao assinarem o programa “Amazon Prime”.

Os assinantes poderão escolher entre 5 mil títulos oferecidos inicialmente para ler de graça no Kindle, incluindo mais de 100 best-sellers atuais e antigos do “The New York Times”, com limite de um livro por mês e sem data de vencimento, afirmou a companhia.

O “Amazon Prime” custa US$ 80 por ano nos Estados Unidos e dá aos membros o envio gratuito de itens em dois dias além de acesso livre a quase 13 mil programas de TV e filmes.

Fonte: G1

Aplicativo do Gmail para iOS é retirado do ar


Ontem (02), o Google disponibilizou no iTunes o primeiro app nativo do Gmail para iPhone, iPad e iPod Touch, porém muitos usuários reclamaram de mensagens de erro na instalação, além de bugs nas notificações.

O principal erro ocorreu no suporte às notificações do app, pois é algo que o iPhone não realiza para o Gmail por padrão. As falhas são tantas que muitos usuários não conseguiram nem realizar o login em sua conta.

Como resultado, o Google acabou assumindo o erro e retirou o aplicativo do ar para realizar os ajustes. Os usuários podem optar por manter o programa instalado ou deletar o app e aguardar a liberação da atualização.

“Lançamos um novo app do Gmail para iOS, porém infelizmente ele contém um bug que quebra as notificações e envia mensagens de erro aos usuários. Estamos removendo o app enquanto corrigimos o problema, e já trabalhamos para liberar uma nova versão em breve. Quem já baixou o app pode continuar a utilizá-lo”, afirmou o Google em comunicado.

Fonte: Exame

Hackers atacam sites de pedofilia e divulgam dados de 1.500 usuários


O grupo de hackers Anonymous está de volta. Desta vez o seu alvo são os sites mantidos por pedófilos. O grupo tirou do ar nos últimos dias mais de 40 sites utilizados para o compartilhamento de arquivos com pornografia infantil.

E os integrantes do grupo foram além. Segundo o site ZDNet, eles divulgaram na Internet informações de mais 1.500 usuários que integravam essa rede de crimes. Entre os dados estavam nomes, há quanto tempo fazem isso e quantas fotos compartilharam.

De acordo com o grupo, como os alertas para a remoção do conteúdo ilegal não foram atendidos, eles entraram nos servidores e tiraram as páginas do ar.

Segundo os hackers, um dos serviços de compartilhamento  atingidos era “um dos maiores sites de pornografia infantil já vistos até hoje, com mais de 100 GB de pedofilia”.  O grupo afirma que está à disposição do FBI para fornecer detalhes sobre os usuários.

Responsável por uma longa lista de ações contra redes corporativas, o Anonymous diz usar o hacking como forma de chamar a atenção para as causas e questões que defende. Nos últimos tempos, o grupo adotou alvos militares, aliados dos EUA e empresas do setor de defesa.

Fonte: IDG Now

Google lança no Brasil site que busca produtos em lojas virtuais


O Google lançou nesta terça-feira (19) no Brasil o serviço Google Shopping, que busca produtos em diversas lojas virtuais e serve para que o internauta compare preços do que deseja comprar.

O sistema do site apresenta os resultados ordenados por relevância, do menor para o maior preço e vice-versa. No topo da página, o usuário pode digitar a cidade brasileira em que vive e o Google prioriza as lojas que atendem a região.

A versão brasileira do serviço, que já existe em outros países, tem uma exclusividade, como explica Tahara Le Menn, gerente de parcerias estratégicas para varejo do Google.

– O Google Shopping é o maior indexador de produtos no mundo, com mais de 1 bilhão de itens em sua base. A tecnologia do Google Shopping agora está disponível para o Brasil e adaptada – é o único lugar do mundo onde o usuário pode consultar também o preço parcelado de cada produto que procura.

Varejistas podem se cadastrar gratuitamente no site para exibir suas ofertas, que podem ser avaliadas e comentadas pelos internautas como forma de ajudar outras pessoas na hora de tomar a decisão de compra. Acesse clicando aqui.

Fonte: R7

Google apresenta Galaxy Nexus e Android 4.0


O Google anunciou nesta quarta-feira (19) a evolução do sistema operacional Android, o 4.0 “Ice Cream Sandwich”, e o smartphone Galaxy Nexus, já equipado com o novo sistema. O novo Android conta com diversas novidades, como uma interface gráfica mais agradável, melhores aplicativos padrão e uma tecnologia para travar e destravar o aparelho através de reconhecimento facial.

A ideia dessa última atualização já estava presente em um aplicativo gratuito disponível na Android Market. Agora é uma função nativa do sistema, que também inclui a possibilidade tradicional de digitar senhas ao invés de fotografar o rosto para destravar determinadas funcionalidades.

Outro destaque é a melhoria na interface para compartilhamento de conteúdo, uma aposta na proatividade dos usuários em comunidades e redes sociais como forma de popularizar a tecnologia. O aplicativo Android Beam foi quem assumiu essa tarefa que, através do hardware NFC, possibilita o compartilhamento de diversos conteúdos – desde páginas web até jogos – através do contato físico entre dois aparelhos.

Galaxy Nexus

O novo aparelho da Samsung, maior parceira da Google no mercado de smartphones, por enquanto será o único a rodar o Android 4.0. Apesar de o sistema já estar disponível para os demais parceiros (como a Motorola e LG), aidna não foi divulgada uma previsão de quando os usuários poderão atualizar as suas versões.

O Nexus foi anunciado juntamente com o Android nesta quarta-feira (19). O aparelho conta com um processador de dois núcleos 1,2GHz, memória RAM de 1 GB e só dispõe de uma única versão para memória interna, a de 32 GB. Ele ainda dispões de duas câmeras, uma frontal de 1.3 MP e uma traseira com 5.1 MP. Também é possível tirar fotos panorâmicas com o aparelho.

A tela do aparelho é um dos destaques, com resolução em alta definição (1280x720p) e 4.65 polegadas. Ela apresenta uma leve concavidade, característica já presente no seu antecessor, o Nexus S.

Outra aposta grande da Google é no segmento de pagamentos móveis, e o Galaxy Nexus é o protótipo de disseminação dessa tecnologia. Através de um microchip NFC, o aplicativo Google Wallet já virá habilitado para realizar transações.

Infelizmente, nem o Google nem a Samsung anunciaram quando o Nexus irá desembarcar no Brasil, lembrando que nenhum Nexus (One e S) é comercializado no país. Primeiramente a novidade será lançada nos Estados Unidos, Europa e Ásia, conforme previsões (nunca se sabe quando a Apple irá entrar com um novo processo por uso indevido de patentes).

Fonte: Administradores

Conheça a edição limitadíssima do Notebook do jogo Batman: Arkham City


A empresa norte-americana MainGear lançou uma edição limita de um dos seus mais populares notebooks gamers, o modelo EX L, de 17 polegadas e com tela 3D. O modelo chamado de Mobile Domination tem sua versão comum custando a partir de US$ 1.580.

Na versão do Batman, o usuário contará com a seguinte configuração de hardware: processador Intel Core i7 de 3.3GHz Turbo, tela de LED 3D de 17 polegadas com resolução de até 1080p, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 485m de 2GB, memória RAM de 8GB DDR 3 – 1600, HD 500GB Seagate Momentus XP 7200 RPM Sybrid SSD, além de óculos 3D NVIDIA Vision Glasses.

O notebook vem também com uma cópia do jogo Batman: Arkham City, um livro de arte, a trilha sonora de Arkham City e uma cópia da animação Batman: Gothan Knight.. Em termos de design, o laptap é pintado a mão e possui uma estatueta do Batman feita por Kotobukiya.

Como conseguir um? Infelizmente a NVIDIA e a MainGear ainda não disseram como, mas pediram para os seus fãs seguirem as novidades pela página do Facebook, portanto fique esperto.

Fonte: TechTudo

%d blogueiros gostam disto: