Antivírus da Microsoft acusa navegador Chrome de carregar malware


Atualização liberada na madrugada desta sexta-feira (30/9) provoca falso positivo; se escolher “Remover”, usuário perderá o Chrome.

Uma atualização aparentemente liberada na madrugada desta sexta-feira (30/9) pela Microsoft para seu antivírus Security Essentials tem feito com que o sistema acuse a existência de vírus no navegador Chrome, da Google.

Segundo o Business Insider, se o usuário escolher a opção “Remover”, o computador será reiniciado e o Google Chrome não funcionará mais.

O problema de falso positivo foi reconhecido pela Microsoft nesta sexta-feira. Em nota publicada em seu portal de segurança, a empresa afirma que “em 30 de setembro de 2011, foi identificada uma detecção incorreta para o PWS:Win32/Zbot”.

“Em 30 de setembro de 2011, a Microsoft liberou uma atualização que corrige a questão. As versões com assinatura 1.113.672.0 e mais atuais incluem a atualização”, completa a nota, sem mencionar o Chrome.

Segundo a Microsoft, o PWS:Win32/Zbot é um trojan que rouba senhas e monitora a visita em certos sites da web, além de permitir o acesso ao sistema por brechas conhecidas como porta dos fundos (backdoors).

Fonte: IDG Now

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: