Android vira a galinha dos ovos de ouro da Microsoft


Ainda tentando emplacar o Windows Phone 7, a Microsoft já encontrou a sua galinha dos ovos de ouro no mercado móvel. É o Android, o sistema operacional para celulares e tablets do Google.

Desde outubro do ano passado, a gigante do software cobra o licenciamento de tecnologias presentes no Android de fabricantes que utilizam a plataforma.

A Microsoft alega ter as patentes dessas tecnologias e espera ganhar dinheiro com os produtos Android.

Uma das empresas engordando esse porquinho é a HTC. No final de maio, Walter Pritchard, analista do Citi, estimou que, para cada celular Android da companhia vendido, a Microsoft recebe US$ 5 -resultado de um acordo feito no ano passado.

Rick Wilking/Reuters
Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft, segura um aparelho com o Windows Phone 7
Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft, segura um aparelho com o Windows Phone 7

 

Na semana passada, a HTC apresentou seus resultados financeiros. Entre o segundo trimestre do ano passado e o segundo trimestre deste ano, a empresa vendeu 43,1 milhões de unidades, a maioria com Android.

Antes do anúncio dos números, Horace Dediu, analista da Asymco, estimava que 30 milhões de celulares HTC com Android foram vendidos no ano passado. Isso significa que a Microsoft pode ter embolsado US$ 150 milhões.

Outro alvo é a Samsung. No começo de julho, a Reuters noticiou que a Microsoft demanda US$ 15 da fabricante para cada unidade de seus produtos com Android.

No segundo trimestre deste ano, a Samsung vendeu 19 milhões de celulares, boa parte com Android.

Na semana passada, ela anunciou que já vendeu 5 milhões de unidades do Galaxy S II -e ele ainda não está à venda nos EUA. Assim, a Microsoft poderia ter recebido US$ 75 milhões.

“O Android tem uma taxa de patentes. Ele não é de graça. Você tem que licenciar”, disse Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft, em entrevista ao “Wall Street Journal” no ano passado.

No último dia 14, o Google anunciou que ativa diariamente 550 mil dispositivos com Android.

Se todos os fabricantes pagassem a mesma taxa que a HTC, isso significaria um aporte anual de mais de US$ 1 bilhão. Mas Pritchard fala que a Microsoft vai tentar levar de US$ 7,50 a US$ 12,50 por unidade nas negociações em andamento.

No último mês, a Microsoft anunciou acordos com mais quatro companhias: General Dynamics, Onkyo Corp, Velocity Micro e Wistron Corp. Todas são fabricantes de componentes usados por marcas mais conhecidas. Os valores não foram revelados.

A empresa fundada por Bill Gates também processa a Motorola e a livraria Barnes & Noble por conta de patentes relacionadas ao Android.

 

Fonte: Folha

Sobre DarthTec
May the tech be with you

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: